LinkedIn lança páginas de universidades

ago 26, 2013 by     No Comments    Posted under: Redes Sociais, Relacionamento

Serviço University Pages pretende oferecer mais informações sobre instituições de ensino para ajudar alunos a escolher qual faculdade cursar

 

O LinkedIn anunciou nesta segunda-feira, 19, o lançamento mundial do University Pages, um serviço com páginas de universidades do mundo todo que pretende ajudar os usuários na tomada de decisão sobre qual faculdade cursar. Dessa forma, a rede social profissional tenta trazer para a sua base usuários mais jovens e amplia sua atuação para acompanhar todas as fases da trajetória profissional de uma pessoa.

11

O perfil das universidades vai além de uma página com informações institucionais e notícias. As universidades poderão fazer perguntas e conhecer alunos pelo serviço (e vice-versa).

A ferramenta também quer fornecer novas percepções sobre uma instituição para os alunos por meio de diversos filtros e estatísticas obtidas a partir da coleta de dados de ex-estudantes dessas instituições que têm um perfil no LinkedIn.

Dentro das páginas de cada universidade será possível ver que tipo de líderes essa escola forma, verificar quais instituições são mais focados no objetivo do usuário dentro de uma carreira (por exemplo, universidades com cursos de economia mais focados no mercado financeiro), entrar em contato com alunos e ex-alunos para obter mais informações e filtrar resultados por localidade, empresa, setor e saber as competências que ex-alunos adquiriram ao longo de suas trajetórias profissionais.

A página da Fundação Getúlio Vargas (FGV), por exemplo, mostra que a maioria dos ex-alunos da instituição trabalha nas áreas administrativa, em consultorias e em instituições financeiras. As três empresas que mais empregam formandos da FGV são o Itaú Unibanco, a IBM e a Vale.

A página exibe ainda o perfil de ex-alunos de sucesso na instituição, os amigos do usuário que se formaram no local e uma lista de escolas com perfil semelhante no mundo inteiro. A busca também ajuda a encontrar pessoas que estudaram na mesma universidade no mesmo período que o usuário e mostra indicadores sobre onde a maioria vive e trabalha atualmente.

Por causa da novidade, o LinkedIn está preparando uma mudança nos seus termos de uso. A partir de 12 de setembro, a rede social vai permitir que pessoas a partir de 13 anos criem seu perfil no site – até então o uso era restrito para pessoas acima de 18 anos – para ter acesso e usar o serviço University Pages durante o período pré-vestibular.

Fonte: Link – Estadão
19/08/2013

Deixe uma resposta

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade