Número de alunos 20% maior é destaque no balanço da Estácio no 1º semestre de 2013

ago 22, 2013 by     No Comments    Posted under: Notícias

A Estácio encerrou o primeiro semestre de 2013 com um total de 313,4 mil alunos matriculados em cursos de graduação e pós-graduação, 20% acima do mesmo período do ano anterior, dos quais 254,6 mil matriculados em cursos presenciais e 58,8 mil em cursos a distância. Desconsiderando as aquisições realizadas nos últimos doze meses, a base de alunos cresceu 16% organicamente.

O segmento pós-graduação também apresentou resultados importantes. A base total de pós-graduação cresceu 26%, totalizando 15,8 mil alunos na modalidade presencial e 4,8 mil alunos na modalidade EAD.  “Já no 2º semestre de 2013 teremos um novo modelo de pós-graduação, seguindo a linha de inovação desenvolvida com sucesso para a nossa graduação. Nesse último trimestre também demos início às atividades da área de Soluções Corporativas, que foi criada com o intuito de atender diretamente os grandes empregadores do nosso país”, afirma o presidente da Estácio, Rogério Melzi.

Ao final do período de contratação do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) no fim de junho, a base de alunos da Estácio que aderiu a este financiamento do governo federal era de 61 mil alunos, o que representa 26% da base total de alunos de graduação presencial. A esse número somam-se os 19 mil alunos utilizando o ProUni (Programa Universidade para Todos), também do governo federal.

 

Resultados financeiros

A receita operacional líquida atingiu R$443,6 milhões no 2º trimestre de 2013 e R$857 milhões no semestre, um aumento de 30% e 27%, respectivamente, em relação aos mesmos períodos do ano anterior, principalmente, em função do crescimento de 20% na base de alunos e da evolução positiva do tíquete médio.

No segundo trimestre, o EBITDA totalizou R$66,6 milhões – 80% maior do que o apresentado no 2T12 –, com uma margem EBITDA de 15%, para um ganho de margem de 4,2 pontos percentuais frente ao mesmo trimestre do ano anterior, em função, sobretudo, da melhor gestão de custos e despesas e do crescimento de quase 30% da receita líquida. Neste semestre, a geração de caixa operacional da Estácio atingiu R$153,6 milhões, um aumento de 62% em relação ao primeiro semestre do ano anterior.

“Mais uma vez, apresentamos um expressivo crescimento do EBITDA, um reflexo inequívoco tanto de nossa capacidade crescente de atração de alunos, que se beneficia de nosso modelo de negócio fortemente escalável, quanto dos nossos esforços na gestão e no controle de custos e despesas, cada vez mais eficientes em função do nosso modelo de gestão”, comenta Melzi.

O lucro líquido da Estácio foi de R$46,7 milhões no 2º trimestre de 2013 e de R$113,3 milhões no semestre, um aumento expressivo de mais de 209% sobre o no 2º trimestre de 2012 e de 106% sobre o 1º semestre do ano anterior. Estes números decorrem do aumento na receita líquida e do ganho de eficiência nas linhas de custo e despesa, que levaram ao crescimento do EBITDA. Além disso, o lucro também foi positivamente impactado pela melhora do resultado financeiro da Companhia, proporcionada por uma maior posição de Caixa.

 

R$ 2 milhões em novas salas e campi

O fluxo de caixa operacional foi positivo em R$41,1 milhões no 2º trimestre de 2013, 47% acima do apresentado no mesmo trimestre do ano anterior. Já os investimentos da Estácio no trimestre totalizaram R$56,8 milhões, representando 13% da receita líquida, enquanto no ano anterior os investimentos representaram 14% no mesmo período. Desse montante, R$18 milhões foram investidos em atualização de sistemas, equipamentos, bibliotecas e laboratórios das unidades da Estácio e R$9,7 milhões foram alocados no desenvolvimento do Modelo de Ensino, no Projeto Tablet, no desenvolvimento do projeto da nova arquitetura de TI e em projetos de integração. Além disso, a Estácio investiu R$2,2 milhões em projetos de expansão, que compreendem investimentos em novas salas, prédios e unidades a serem lançadas, e R$26,9 milhões em aquisições de novas instituições.

Ao final do 2º trimestre de 2013, o caixa e disponibilidades totalizavam R$741,9 milhões, aplicados conservadoramente em instrumentos de renda fixa, referenciados ao CDI, em títulos do governo federal e certificados de depósitos de bancos nacionais de primeira linha. O endividamento bancário de R$274 milhões correspondentes à primeira emissão de debêntures da Companhia, às linhas de financiamento junto ao IFC e à capitalização das despesas de leasing com equipamentos; assim como, os compromissos a pagar referentes às aquisições realizadas no ano, na ordem de R$32,0 milhões; e o saldo a pagar de tributos parcelados; constituem o endividamento bruto da Estácio, que totalizou R$315,3 milhões ao final do trimestre. A posição de caixa líquido da Estácio encerrou o trimestre em R$426,6 milhões.

 

Aquisições

Em 17 de junho, dando continuidade ao seu processo de expansão, a Estácio formalizou o compromisso de compra da Associação de Ensino de Santa Catarina (ASSESC), mantenedora das  Faculdades Integradas Associação de Ensino de Santa Catarina (FASSESC), em Santa Catarina, por cerca de R$ 5,8 milhões. Localizada em Florianópolis, a instituição possui cerca de 900 alunos alocados em 4.970 vagas totais, divididas em 10 cursos de graduação, que tem um ticket médio aproximado de R$570. Em 2012, a FASSESC foi avaliada pelo MEC, e obteve o Índice Geral de Cursos (IGC) 3, numa escala de 1 a 5.

 

Reconhecimento do primeiro curso de Ensino a Distância

A Estácio deu um importante passo para a expansão do seu segmento de ensino a distância (EAD), com o reconhecimento do curso de Pedagogia, o primeiro nessa modalidade. Além deste, a Estácio também obteve o reconhecimento de outros dois cursos na modalidade EAD nesse trimestre: Marketing e Gestão de RH. O reconhecimento desse primeiro curso EAD da Universidade Estácio de Sá é uma das etapas, a segunda de um total de três, que poderá levar ao aumento de abrangência (possibilidade de solicitar novos polos de ensino a distância), após a análise e a aprovação dos pedidos de novos polos, já protocolados pela Estácio junto ao Ministério da Educação (MEC). O segmento a distância da Estácio foi lançado em 2009 e hoje opera em 52 polos em todo o Brasil, contando com cerca de 59 mil alunos.

Got anything to say? Go ahead and leave a comment!

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade