Rede abre escola em aeroporto para ensinar mão de obra para a Copa-2014

jan 9, 2013 by     No Comments    Posted under: Notícias

Para atender o aumento da procura por cursos de idiomas de qualificação de mão de obra às vésperas de Copa e Olimpíada, ampliam planos de expansão em torno das cidades-sede e até abrem unidades em aeroportos.

O grupo Multi, dono da Wizard, vai abrir unidades no formato “express”, que poderão ser fechadas logo após os eventos esportivos.

O público-alvo são trabalhadores do setor turístico que atuam perto de aeroportos, como taxistas e profissionais de hotelaria.

Além de 60 unidades convencionais, estão programadas 80 de tamanho compacto e prazo determinado para shoppings e aeroportos.

“Estamos avançados em dez aeroportos, mas chegar a 20 será a meta vitoriosa”, diz Carlos Martins, dono do Grupo Multi, que detém a marca.

Escolhida pela Fifa como a escola de inglês oficial da Copa, a Wise Up vai abrir 300 nos próximos dois anos e tem negociações para treinar pessoal de outros patrocinadores.

O presidente da CNA, Décio Pecin, atribui o crescimento da rede à economia.

“Os eventos são o pano de fundo. Acredito que seja mais a classe média chegando a um novo patamar, de buscar estudos para manter o padrão conquistado”, afirma.

Na Fisk, que fechou parcerias com empresas privadas de setores que demandam qualificação, a meta é abrir 50 unidades neste ano. A PBF terá mais 20, segundo o diretor Christian Ambros.

A rede Yes! vai abrir 20% a mais neste ano e começará a atuar em Recife, onde ainda não tinha presença.

Fonte: Folha de S. Paulo – São Paulo SP

Deixe uma resposta

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade