Microsoft lança a So.cl, rede social voltada para estudantes

mai 23, 2012 by     No Comments    Posted under: Notícias

Plataforma permite que alunos compartilhem suas pesquisas com colegas 

Com o lema “Aprender e compartilhar como nunca antes”, a Microsoft colocou no ar, no último domingo, a própria rede social, a So.cl – apesar da falta de vogais, pronuncia-se “social”. O site se define como “uma nova experiência de pesquisa voltada para ajudar a conectar estudantes com interesses comuns”.

Até agora, o So.cl foi aberto apenas para convidados e, por isso, muitos detalhes são desconhecidos do público. Um vídeo explicativo presente na plataforma, no entanto, reforça que a rede se organiza em torno de buscas – não por acaso ela foi desenvolvida pela Fuse Labs, laboratório de pesquisa da Microsoft e conta com o suporte tecnológico do Bing, buscador também da empresa de Bill Gates que tenta fazer frente ao Google.

Ainda de acordo com o site, a rede social permite que o estudante faça uma pesquisa e os resultados, que podem ser páginas da web, imagens e vídeos, são organizados automaticamente pela rede e compartilhados no mural do usuário de maneira visualmente atraente. Em princípio, todas as buscas feitas na rede são públicas, mas o dono do perfil pode optar que sua pesquisa não seja disponibilizada para outros usuários.

A conta no So.cl pode ser sincronizada com o Facebook o que, aparentemente, demonstraria uma não concorrência com a maior rede social do mundo.

“O site foi desenvolvido para dar a estudantes a habilidade de trabalhar com os colegas, compartilhar informações de maneira rápida e construir suas páginas com informações vindas de dentro e de fora da sala de aula – transformando a web e as redes sociais em uma sala de aula”, disse a Microsoft em dezembro passado, quando a empresa anunciou que estava desenvolvendo a plataforma.

O site oferece também uma ferramenta de compartilhamento de vídeos e facilita a conferência de grupos. É possível fazer buscas e rapidamente reunir uma lista de vídeos para o estudante ver com os colegas.

O projeto ainda funciona de forma experimental com a participação de instituições selecionadas, como as universidades de Washington, Syracuse e Nova York. Os que não estão nesse círculo inicial e desejam fazer parte devem ser convidados por alguém que já faça (como o Orkut fez em seu começo) ou se inscrever pelo site. Por enquanto, após o cadastro, o usuário recebe a mensagem de que foi inserido em uma lista de espera.

Fonte: Estadão

 

Deixe uma resposta

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade