Uniforme de escola estadual com publicidade

dez 13, 2011 by     No Comments    Posted under: Destaque, Notícias

Uniformes de alunos das escolas públicas estaduais de Alagoas poderão ter, a partir de 2012, propaganda ou logotipos de empresas privadas

 

 Secretário irá discutir, juntamente com o Conselho Estadual de Educação âmbito de aplicação da lei / Foto: Valdir Rocha

 

O governo do Estado sancionou na semana passada uma lei que permite que empresas patrocinem as escolas com doação de uniformes, material escolar e mobiliário. Em contrapartida, elas podem estampar seu nome nos uniformes dos estudantes.

Segundo a Secretaria da Educação de Alagoas, o patrocínio foi a forma encontrada para fornecer o uniforme gratuitamente aos alunos, já que o Estado não tem recursos para isso.

 

Especialistas em educação e alunos ouvidos pela reportagem criticaram a lei.

Para a pedagoga Helena Machado de Paula Albuquerque, da Faculdade de Educação da PUC-SP, colocar publicidade nos uniformes é um desrespeito ao aluno.

“O fato de utilizar a criança como meio de propaganda, por princípio, é inadequado”, diz.

 

 

Segundo a pedagoga, a falta de recursos “não pode ser desculpa para o Estado agir inadequadamente, mas deve estimular a reflexão e a busca de alternativas”.

 

De acordo com a psicopedagoga Marisa Ester Aldecoa Rosseto, do Colégio Arquidiocesano, de São Paulo, a partir do momento em que a escola coloca o logo de uma empresa em seu uniforme ela está referendando a empresa ou seu produto.

 “A escola não pode ser partidária de nenhum tipo de produto”, afirma.

 

 

Já o diretor da Usea (União dos Secundaristas do Estado de Alagoas), Anderson Wagner de Queirós Lima, 19, aluno do primeiro ano do ensino médio, afirma que acha o patrocínio positivo como forma de ajudar a melhorar a educação, mas não concorda com a publicidade nos uniformes, que, segundo ele, pode constranger os alunos.

 

 

Para o estudante do nono ano Nabson Francisco da Silva, 16, também da Usea, o ensino público deve ser financiado pelo Estado, e a lei trata a educação como mercadoria. Segundo ele, a publicidade é uma forma de estímulo ao consumo.

 

 

A lei veta o patrocínio de empresas ligadas à produção ou à comercialização de bebidas alcoólicas e tabaco.

Hoje, as peças do uniforme são bancadas pelas famílias dos alunos, mas seu uso não é obrigatório.

 

 

 

Fonte: Folha Saber / Sílvia Freire

09/12/11

Deixe uma resposta

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade

Threesome
Creampie
Blowjob
Threesome
Orgy
Threesome
Threesome
Anal
Blowjob
Orgy