Internet cresce 14% em um ano

nov 1, 2011 by     No Comments    Posted under: Marketing Digital, Notícias

O número de usuários ativos na internet brasileira subiu de 42,8 milhões, em janeiro, para 46,307 milhões, em setembro deste ano, revela pesquisa da Ibope Nielsen Online. O resultado – um aumento de 8,3% – fez o Brasil superar levemente, pela primeira vez, a Alemanha, que apresentou no mês passado 46,256 milhões de usuários ativos (que acessaram pelo menos uma vez a rede). Essa evolução na quantidade de usuários ativos coloca o Brasil como o país que mais cresceu entre janeiro e setembro.

Na Alemanha e no Reino Unido, houve queda no número de usuários, de 1,6% e 0,6%, respectivamente. França e Reino Unido já foram ultrapassados pelo Brasil há um ano. Entre as regiões pesquisadas, a Austrália foi a que teve o segundo maior crescimento, de 5,3%.

O estudo, que considerou acessos à internet de casa ou do trabalho, indica ainda que mais pessoas estão usando a internet de casa.

De setembro de 2009 a setembro de 2011, o salto foi de 27,7 milhões para 37,9 milhões de usuários ativos nessa categoria.

No total, o Ibope Nielsen contou 61,2 milhões de pessoas com acesso à internet em setembro de 2011, das quais 46,3 milhões ativas.

Isso representa crescimento de 2% em relação a agosto e de 14% ante setembro de 2010, quando havia 40,6 milhões de usuários ativos.

O número total de internautas com acesso à internet em qualquer tipo de ambiente foi de 77,8 milhões no último trimestre de 2011.

Residência
Segundo o Ibope, 58 milhões de brasileiros têm computador com acesso à internet em casa. Há um ano, eram 10 milhões a menos. Porém, a velocidade da conexão ainda é muito baixa.

Quase 8 milhões desses usuários têm uma internet de, no máximo, 512 kilobits por segundo (Kbps) e 18 milhões de pessoas usam uma conexão entre 512 Kbps e 2 megabits por segundo (Mbps).

Apesar da baixa velocidade da banda larga, a quantidade de usuários que têm uma conexão residencial acima de 2 Mpbs cresceu de 5,2 milhões em 2010 (16,37%) para 11,3 milhões (30%). Somente 8,7% têm velocidade maior que 8 Mbps.

Segundo outro estudo, da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), o País fechou setembro com 50,7 milhões de acessos de banda larga, sendo 16,2 milhões fixas e 34,5 milhões móveis.

Fonte: estadao.com.br

Deixe uma resposta

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade