Anhanguera entre 500 melhores empresas

set 7, 2011 by     No Comments    Posted under: Destaque, Gestão Educacional, Indicadores

Em sua oitava edição, o AS MELHORES DA DINHEIRO, elaborado em parceria com a KPMG, a Trevisan Escola de Negócios e a Economática, é um raio X das melhores práticas corporativas das 500 maiores companhias do País.

>


A Anhanguera Educacional é a ganhadora do ranking setorial de As MELHORES DA DINHEIRO. A empresa soube se aproveitar o cenário de expansão da economia e aumento da procura por qualificação.

 

Maior grupo do setor de educação do Brasil, a Anhanguera faturou mais de R$ 1 bilhão em 2010 e saltou de 25 mil alunos, em 2006, para 340 mil, em 2011.

Esse crescimento da quantidade de alunos matriculados ajudou na obtenção, no primeiro trimestre deste ano, de um lucro líquido de R$ 46,4 milhões, o que representa um crescimento de 3,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

 

A receita líquida da companhia somou R$ 305,6 milhões de janeiro a março de 2011.
Fundada em 1994, em Leme, no interior de São Paulo, pelo empresário Antonio Carbonari Netto, a empresa sempre teve como público-alvo os jovens de baixa e média renda.

 

O valor médio da mensalidade é de R$ 298,80.

Mas a estretégia para acelerar a expansão não se baseou apenas em ter uma mensalidade acessível. A companhia aliou educação e tecnologia com serviõs para estimular a interação entre professores e alunos em curso de educação a distância.

 

 

“Vamos reforçar ainda mais o inversitmento em tecnologia neste ano e em 2012”  diz Alexandre Dias, CEO da Anhanguera Educacional.

 

Tanto dinheiro servirá para alcançar a meta de elevar o número de alunos dos atuais 340 mil para 500 mil. Para garantir esse crescimento, a Anhanguera pretende adquirir mais 40 campi, qe se somarão aos 59 mantidos hoje.


Um dos principais exemplos de projetos nessa área é um acordo com o google, fechado neste ano, para usar o Google Apps for Bussiness, um pacote de aplicativos para clientes corporativos. A ferramenta vai criar um ambiente virtual de aprendizado.
O acordo tem o dedo de Dias, que foi diretor- geral do Google no Brasil durante dois anos, até ser recrutado para comandar a Anhanguera, em setembro de 2010.
As apostas da Anhanguera são estimuladas por dados muito atraentes do mercado. Segundo os núemros do censo da Educação Superior divulgado pelo Inep/MEC, as matrículas de graduação , considerando os cursos presenciais e a distância, cresceram 96% entre 2000 e 2009. Só de matrículas em ensino a distância foram 831.125 alunos.

 

“Essa modalidade de educação foi a grande responsável pela expansão do setor”, diz Antônio Monteiro, presidente da CM Consultoria, de São Paulo. Se os ventos favoráveis estimulam os negócios, de nada adiantará se o serviços prestado não for bom. “A qualidade e a transparência dos dados se tornarão  cada vez mais importantes” afirma Monteiro. “Isso porque, conforme o setor se desenvolve, o Ministério da Educação também aprimora as suas ferramentas de avaliação”

 

Fonte: @RevistaDinheiro
11/08/2011

Got anything to say? Go ahead and leave a comment!

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade