UnB sofre segundo ataque cracker em 4 dias

jun 29, 2011 by     1 Comment     Posted under: Destaque, Notícias

Páginas que contém pesquisas e notícias arquivadas nos últimos cinco anos foram retiradas do ar para bloquear invasão

>

Os sites da Faculdade de Comunicação (FAC) e do Câmpus on-line foram invadidos por cracker na manhã desta quarta-feira, 29 de junho. As páginas foram retiradas do ar por volta das 11h, aproximadamente uma hora após professores da unidade notarem a invasão.

>

Os sites estão hospedados em um servidor externo da Universidade de Brasília, da empresa Locaweb, de São Paulo, que está recolhendo informações deixadas pelos invasores e buscando meios de devolver o conteúdo ao ar com segurança. O Centro de Informática da UnB (CPD) foi acionado pela direção da FAC, mas não pode agir por não ter gerência sobre a página.

Desde às 11h, a equipe do Campus Online transmite pelo Twitter as notícias produzidas cotidianamente pela equipe de estudantes de jornalismo. A primeira, transmitida exatamente às 11h, informa sobre os ataques. Os invasores substituíram o conteúdo das páginas por imagens de uma máscara de gás, com a assinatura de Tn_ScoRp!0N.

>

>

O ataque é o segundo em quatro dias em conteúdos do Portal da UnB. No último sábado, a vítima foi a primeira página do próprio Portal. O ataque durou 26 minutos, tempo necessário para que o invasor conseguisse modificar as chamadas das notícias publicadas.

De acordo com a direção do CPD, o ataque se restringiu à página de entrada, não afetou outras áreas de informações da universidade, nem os invasores tiveram acesso a quaisquer dados de sistemas de uso interno, como os de matrícula e de pessoal. A UnB formaliza até o final da tarde desta quarta-feira denúncia sobre o caso na Polícia Federal, que investiga invasões em cerca de outras 200 páginas do Governo Federal, prefeituras e órgãos municipais ocorridas desde o último dia 22.

>
ARQUIVOS – Segundo a professora Nélia Del Bianco, da FAC, não há informações sobre quem invadiu os sites da unidade acadêmica. Ela torce para que os dados armazenados na páginas do Campus Online e do Laboratório de Comunicação tenham sido preservadas. O servidor tem pastas de backup com pesquisas, matérias, vídeos e áudios. No caso do Campus Online, toda a produção dos últimos cinco anos está no servidor. Há, por exemplo, cerca de 100 matérias em áudio. Dos arquivos do Laboratório da Comunicação, Nélia cita uma pesquisa sobre rádios que contava com mais de seis mil emissoras cadastradas.

>

Nélia diz que irá mudar todas as senhas de acesso assim que a situação for normalizada. Todos os alunos da disciplina Campus Online e muitos funcionários tem acesso ao sistema. “Todos os computadores estão em rede, os da Comunicaçao, por exemplo, podem ser acessados pelo Departamento de História”.

>

Fonte: UnB Agência e

Site Eu Estudante do Correio Brasiliense

1 Comment + Add Comment

  • Muchos Gracias for your blog post. eeecbaeekkcb

Got anything to say? Go ahead and leave a comment!

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Newsletter

E-mail:

Inscrever
Desinscrever

Publicidade